Pular para o conteúdo principal

GAROTO X

Esta é a primeira página de Garoto X. Queria deixar igual ao conto, mas como trata-se de quadrinhos (mangá), tive que fazer umas adaptações - bem-vindas é claro! Gostei bastante!^^ Não dá muito pra notar mas a ordem dos quadrinhos é da direita para a esquerda como num mangá de verdade. Perguntei para algumas pessoas e elas concordam que um mangá, mesmo sendo feito por brasileiros, deve ser feito da mesma maneira que no Japão. Alguns descordam, mas eu vou seguir a maioria que já acostumou a ler os mangás de banca. Pra mim é mais fácil desenhar da direita para a esquerda. =) Essas árvores não fui eu que fiz não, são patterns, que aliás foi difícil de achar nos meus arquivos de backup...
Garoto X é um BL ( boys Love ), meu gênero preferido de mangá!^^
No primeiro capítulo, Ellie e Baskiah chegam a Campo do Regresso. Fazia 13 anos que nenhum dos dois pisava nessa cidade, cada um com seu motivo. Baskiah foi para Nova Iorque aos 16 anos e Ellie foi para São Paulo com 15 e tornou-se psiquiatra. Esse com cara de mau humor é o Ellie, que tem péssimas lembranças do passado e jurou que nunca mais voltaria. No caminho, os dois salvam um garoto da morte, fiz a cena diferente do conto, até deu pra fazer de um jeito divertido. Os dois são obrigados a permanecer na cidade até o garoto que eles salvaram recobrar a memória, já que o delegado, além de estar a fim do Ellie, acha que eles têm alguma a coisa a ver com  a tentativa de assassinato do garoto X (é garoto X porque ele não tem nome ). Contra vontade Ellie resolve ajudar o garoto usando hipnose para que ele recobre logo a memória e conte o que aconteceu de fato, porém o garoto X é muito bonito...
Bom, não vou contar mais desse primeiro capítulo senão vira spoiler.^^ 
Acho que consegui fazer algo bem cotidiano, sem elfos, sem samurais, sem mundo fantástico, sem poderes extraordinários...XD Mas a verdade é que nunca é um cotidiano propriamente dito, pois se não acontecer nada pra bagunçar esse cotidiano não temos história, nem mangá rsrs. Tentei criar personagens bem brasileiros, mas do tipo bem sucedidos. Baskiah é um artista de sucesso que era pobre e conseguiu destaque nos Estados Unidos, mas não é muito conhecido no Brasil ( que é a realidade de muitos dos nossos artistas ), Ellie é um jovem psiquiatra, veio de família de classe média alta. Ele teve que fazer tratamento e acabou gostando da profissão. São dois profissionais que eu admiro e até gostaria de ser. Depois eu conto mais sobre a criação dos personagens. ^^

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto ganha um mangaká no Japão. ^^

Olá, caros colegas mangakás!! Os Kits de Pena G + Cabo acabaram em 3 dias, mas eu já encomendei mais Penas G com o meu tomodachi do Japão. Tbém pedi os nanquins, réguas e outras coisas que os mangakás usam por lá. Espero que ele consiga achar tudo. ^^ Claro que um potinho de nanquim vai ser meu! hehehe Também quero experimentar.

Ah! Estava pesquisando sobre a vida e trabalho de mangakás no Japão e descobri quanto ganha um mangaká iniciante. 
Pra ser um mangaká é preciso se formar na escola normal primeiro. Educação é tudo!
A seleção é feita primeiro por um editor, depois  a obra do futuro mangaká é publicada ( uma história de amostra) e o público dá o feedback escolhendo qual chama mais atenção. Não se trata de uma votação, mas uma resposta espontânea do público. Se chamar a atenção, o futuro mangaká passa a ser liderado por editor responsável que o "treina" pra ver se ele dá pra profissão. Isso tem até no Bakuman, todos devem ter visto. Os editores ficam todos em Tóquio, então…

Expocomics 2019, como foi!

Olá, lindezas!! Como vão? Espero que bem.^^

Hoje vamos falar do último evento que fomos, o Expocomics 2019 em Taubaté, interior de SP. Na verdade é na cidade vizinha. Foi realizado no shopping. Desta vez conseguimos nos planejar melhor para o evento porque nos convidaram em janeiro. Mesmo assim não deu tempo dos mangás Vitral 9 e Garoto X 2 ficarem prontos na gráfica. Uma pena. Mas fomos mesmo assim e foi muito bom.  Desta vez o alley estava muito bom, carregado de artistas e principalmente de mulheres. Afinal, esse evento foi muito criticado ano passado por não ter convidados mulheres para o artist's alley.  Hoje em dia, não convidar mulheres é algo muito mal visto, as pessoas notam e criticam. Por isso, agora que não houve mais esse problema, temos que elogiar!^^ E o Futago Estúdio foi representando mulheres que produzem quadrinho.
Fizemos até um figurino para o evento! 
Fomos de uniformes. rsrs  Nós mesmas tivemos que fazer as saias porque não encontramos para comprar e o que t…

Dê uma expiadinha nos novos lançamentos de mangá do Futago Estúdio!

Olá, amigos! Hoje vamos mostrar um pouquinho do que vem por aí! Que tal dar uma expiadinha numas páginas e ler um trecho dos mangás que estamos produzindo? Esses mangás são feitos com muito carinho para vocês que adoram ler mangás boys love e yaoi. 
Os mangás boys love estão muito em alta no mundo todo e muitas autoras e autores nacionais também produzem mangás BL. E nós temos orgulho de ser as sempais aqui no Brasil! 
Produzimos mangás BL desde 2010. Conseguimos até o feito de publicar por editora! Coisa que muitos achavam impossível para autoras nacionais, afinal, as editoras sempre dão preferência para os mangás BL de fora.
Depois de nós surgiram vários autores desse gênero no Brasil. Você encontra muitos deles nas webcomics famosas. A maioria é menina que produz, mas tem uns garotos que fazem yaoi muito legais. 
O preconceito ainda existe, e desta vez é a própria internet que azeda o caldo pra quem produz mangá BL e yaoi. O Google faz questão de excluir Boys Loves do busca e com …